Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Agentes do Comitê Nacional Democrata são afastado após vídeos polêmicos nos EUA

Dois agentes políticos foram afastados do Comitê Nacional Democrata dos Estados Unidos após um grupo conservador divulgar vídeos que parecem mostrar um deles discutindo planos para incitar a violência nos comícios do candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, e se engajando em uma fraude eleitoral.

Em um dos vídeos, um subcontratante do comitê identificado como Scott Foval supostamente discute formas de provocar os apoiadores de Trump com agitadores implantados. Ele não foi encontrado para comentar as alegações.

Em um outro vídeo, Foval parece falar de formas para burlar regulações criadas para prevenir fraudes eleitorais. "Se um carro tem uma placa do Estado de Wisconsin e tem uma terceira entidade como proprietária, então é muito mais difícil provar que essas pessoas dirigiram para o Estado de uma outra região", teria dito Foval. "Não há ônibus envolvido, então você não pode provar conspiração".

Os vídeos foram divulgados pela Project Veritas Action, uma organização conservadora chefiada por James O'Keefe, que mira grupos liberais ao gravar seus funcionários furtivamente. O'Keefe se descreve como um "jornalista guerrilheiro" em sua biografia no Twitter.

Foval trabalhou para Bob Creamer, que também aparece nos vídeos discutindo seu trabalho de consultoria com o Comitê Nacional Democrata de uma forma mais genérica. Creamer chefia a Mobilize, uma organização que o comitê contratou em junho. A entidade faz parte de um grupo de consultoria política para os democratas.

Creamer disse em uma entrevista que a operação policial não encontrou evidências de malfeitos, mas que pediu a Foval que se afastasse após assistir alguns dos vídeos. Ontem, Creamer disse ao comitê que também se afastaria para evitar que o caso Ciré uma distração na reta final das eleições. Fonte: Dow Jones Newswires.