Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Autoridades da Líbia ajudam a libertar 14 trabalhadores tunisianos sequestrados

Autoridades líbias ajudaram a libertar 14 trabalhadores tunisianos que haviam sido sequestrados por um grupo armado na Líbia, informou o governo da Tunísia. O Ministério das Relações Exteriores da Tunísia disse, em comunicado divulgado na noite deste domingo, que os reféns haviam sido sequestrados na quinta-feira na cidade de Zawiva por militantes que exigiam a libertação de um líbio preso. Os tunisianos foram libertados e levados para escritórios das autoridades de segurança de Zawiva, segundo o comunicado.

O ministro das Relações Exteriores da Tunísia, Khemais Jhinaoui, telefonou ao seu homólogo líbio para agradecer a ele e ao governo de unidade líbio por ajudar os reféns. Jhinaoui havia pressionado as autoridades líbias a agir. Ele se encontrou no sábado com o ministro das Relações Exteriores da Líbia, Mohamed Tahar Siala, nos bastidores da Conferência de Segurança de Munique, de acordo com outro comunicado do governo tunisiano.

Detalhes sobre quem havia sequestrado os trabalhadores tunisianos não foram divulgados. Os 14 foram sequestrados nos arredores de Zawiva, uma cidade no oeste da Líbia.

A Comissão Nacional de Direitos Humanos da Líbia disse no sábado que os tunisianos foram sequestrados enquanto iam para o trabalho em uma refinaria de petróleo em Zawiva. A comissão afirmou que um grupo armado, cujo nome não foi divulgado, exigiu a libertação de um líbio, também não identificado, detido na Tunísia por acusações relacionadas a drogas. Fonte: Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo