Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Brexit: Reino Unido pode não manter acesso total ao mercado da UE, diz Macron

O presidente da França, Emmanuel Macron, alertou que o Reino Unido pode não manter o seu acesso total ao mercado da União Europeia caso o país não aceite os princípios fundadores do bloco, incluindo o movimento de pessoas e jurisdições dos tribunais da UE.

"Essa forma especial deve ser considerava com a preservação do mercado único e nossos interesses coletivos", afirmou. "E você deve entender que, por definição, você não pode ter o acesso total ao mercado unificado se não cumprir os requisitos", disse, à BBC, em trecho de entrevista divulgado neste sábado, cuja íntegra vai ser televisionada domingo (21).

Desta forma, o Reino Unido deve continuar a contribuir com o orçamento da UE e aceitar a movimentação livre dentro do bloco - tanto de pessoas, bens, serviços e capital - se o país quiser manter o acesso total ao mercado unificado do bloco, disse Macron.

O comentário segue na direção oposta do que quer alguns dos apoiadores do Brexit: ter o controle sobre as fronteiras do Reino Unido, mas continuar com livre acesso ao mercado europeu. A fala do presidente francês também quebrou as esperanças de alguns britânicos, que esperavam um Macron mais flexível do que a chanceler alemã, Angela Merkel, nas negociações do acordo de separação. A influência de Macron no bloco tem crescido na medida em que Merkel perdeu parte de sua base após as eleições de setembro.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo