Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cão desaparecido em incêndio na Califórnia reencontra família após 101 dias

Um cachorro da raça akita reencontrou sua família 101 dias após saltar da caminhonete de seus donos enquanto fugiam do incêndio florestal que atingiu o norte da Califórnia (EUA) no ano passado. O cão, chamado Kingston, tem 12 anos e se reuniu à família Ballejos na última segunda-feira, 18. Na ocasião da fuga, seus tutores tinham saído da cidade de Paradise.

"Quando me dei conta, quase chorei", disse Gabriel Ballejos, dono de Kingston. "Estou tão orgulhoso dele. Não consigo acreditar. É um verdadeiro sobrevivente", comemorou.

Ballejos disse que a família nunca perdeu a esperança e continuou divulgando cartazes e entrando em contato com abrigos de animais. "Todas as noites perguntava ao meu pai e dizia que tínhamos de ir buscá-lo", disse Maleah, filha de Ballejos.

A família recebeu um telefonema para avisar que um voluntário de resgate de animais, Ben Lepe, havia encontrado Kingston no Domingo (17) e levado o animal para o Friends of Camp Fire Cats, um centro de resgate local. Os voluntários tinham visto uma mensagem sobre um cachorro desaparecido no Facebook e contataram a família.

Lepe disse que o cão havia sido registrado por câmeras de segurança e que tinham montado uma armadilha grande o suficiente para o animal no sábado, 16. "Quando fui verificá-la no domingo, lá estava ele", disse o voluntário. "É incrível vê-lo e saber que voltará a estar bem alimentado e abrigado."

Os tutores de Kingston acreditam que o cachorro sobreviveu comendo gambás, porque eram os animais que ele caçava antes do incêndio - e por conta do cheiro que havia nele quando foi resgatado.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo