Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Carro elétrico deve reduzir em 10 mil os postos de trabalho, diz Volkswagen

O grupo alemão de automóveis Volkswagen está planejando cortar progressivamente pelo menos 10 mil postos de trabalho em todo o mundo ao longo dos próximos anos. O motivo seria uma migração natural com a mudança de motores convencionais para veículos elétricos.

Membro do conselho da empresa e responsável pelo departamento de recursos humanos, Karlheinz Blessing disse ao periódico alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung que a empresa deve fazer reduções ao longo dos próximos anos, mas sem recorrer a demissões forçadas. Atualmente a empresa emprega cerca de 600 mil pessoas ao redor do mundo.

Ainda se recuperando do impacto do escândalo da fraude nas avaliações de emissões de gases, a Volkswagen tem acelerado a transição dos veículos para modelos elétricos. A empresa prevê que em 2025 um quarto dos carros vendidos possa ser tanto a bateria quanto híbrido.

A mudança teria um grande impacto na produção de motores a diesel e gasolina, além de outros componentes necessários em carros convencionais. "Os veículos elétricos têm menos componentes", disse, "então vamos precisar de menos trabalhadores".