Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Casa Branca nega planejar busca por imigrantes ilegais com uso de tropas

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está considerando uma proposta de mobilizar mais de 100 mil soldados da Guarda Nacional com o objetivo de buscar imigrantes ilegais no país, incluindo milhões que vivem longe da fronteira com o México, de acordo com o rascunho de um documento obtido pela Associated Press. O secretário de Imprensa da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou em mensagem no Twitter que a história seria falsa. Segundo Spicer, o Departamento de Segurança Nacional, confirmou que os relatos sobre o suposto documento são "100% falsos"

Segundo a AP, O documento de 11 páginas pede pela militarização nos esforços contra a imigração ilegal, que iria até o estado de Oregon, de um lado do país e até New Orleans, em outro extremo dos EUA.

Quatro estados que fazem fronteira com o México estariam incluídos na proposta - Califórnia, Arizona, Novo México e Texas - e também sete estados contíguos a esses quatro, Oregon, Nevada, Utah, Colorado, Oklahoma, Arkansas e Louisiana.

O documento teria sido elaborado pelo secretário de Segurança Nacional, John Kelly, que é um general da Marinha aposentado.

Embora a Guarda Nacional já tenha participado de missões relacionadas com imigração na fronteira dos EUA com o México, nunca antes fez parte de uma ação tão grande, que chega ao extremo norte do país.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo