Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Congresso da Colômbia investiga ligação entre Santos e a Odebrecht

O Congresso da Colômbia abriu uma investigação nesta quarta-feira sobre a relação do presidente Juan Manuel Santos com o escândalo de subornos da Odebrecht na esteira da prova apresentada pela acusação de que o presidente teria recebido um milhão de euros para a campanha de sua reeleição em 2014.

A pedido de um senador da oposição, a comissão de acusações da Câmara dos Representantes iniciou o processo para investigar se o presidente teria recebido propinas da Odebrecht.

A comissão é o único órgão capaz de julgar um presidente e, no passado, não conseguiu formular acusações contra nenhum mandatário.

Caso a comissão consiga formalizar uma acusação contra Santos por supostas irregularidades no financiamento de sua campanha e o Congresso a aprove, o Senado deve realizar uma votação sobre deposição do mandatário.

O Conselho Eleitoral Nacional do país iniciou uma investigação no começo do mês sobre o financiamento da campanha de Santos em 2014, quando conquistou seu segundo mandato. O órgão havia anunciado na véspera que o dinheiro recebido pela equipe do presidente era parte dos US$ 4,6 milhões que o ex-senador Otto Bula, que está preso, havia recebido da Odebrecht. Fonte: Associated Press.