Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Encontro entre testemunhas vira alvo de investigação sobre Trump e Rússia

Um lobista russo-americano e outros empresários discutiam num café em Moscou mais cedo este ano uma reunião da qual tinham participado doze meses antes: um encontro na Trump Tower com o filho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o genro e o então chefe de campanha do republicano.

O encontrou em Moscou em junho, que não havia sido divulgado anteriormente, está agora sob investigação de autoridades, que buscam saber por que os dois homens se encontraram e se havia algum esforço da parte deles de alinhar suas histórias a respeito da reunião na Trump Tower poucas semanas antes de a informação se tornar pública. A informação é da Associated Press, que ouviu fontes familiares à investigação.

Investigadores haviam questionado os dois homens, o lobista Rinat

Akhmetshin e o empresário Ike Kaveladze, ex-sócio de Trump. Eles obtiveram uma troca de mensagens de texto entre os dois, conforme disseram as fontes.

A reunião na Trump Tower em 2016 ocorreu semanas depois que Trump foi definido como o candidato do partido Republicano à presidência. O filho do presidente, Donald Trump Jr, teria participado na expectativa de obter informações negativas sobre a oponente do partido Democrata, Hillary Clinton, conforme investigações. Testemunhos sobre esse encontro já foram ouvidos em tribunal. A reunião incluía ainda o sogro de Trump, Jared Kushner, e seu antigo chefe de campanha, Paul Manafort.

Segundo as fontes, Akhmetshin disse a investigadores que ele pediu para se encontrar em Moscou com Kaveladze para argumentar que eles deveriam vir à publico sobre o encontro na Trump Tower. Ele também disse que pessoas na órbita de Trump haviam feito questionamentos a seu respeito para Kaveladze.

O advogado de Akhmetshin não comentou. Já Scott Balber, advogado de Kaveladze, negou que seu cliente tenha sido contatado por assistentes de Trump antes da reunião com Akhmetshin. Fonte: Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo