Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

'FBI não pode revisar 650 mil e-mails em oito dias', diz Trump

O candidato do Partido Republicano à Casa Branca, Donald Trump, criticou, na noite de ontem, a decisão do FBI de dizer que a candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, não deve enfrentar acusações criminais após uma revisão nos novos e-mails.

Em um comício na cidade de Sterling Heights, em Michigan, Trump disse que o FBI "não poderia revisar 650 mil novos e-mails em apenas oito dias". O bilionário atacou a candidata Hillary Clinton dizendo que ela está sendo protegida pelo sistema, que é manipulado.

A nova investigação, anunciada perto das eleições nos EUA, que acontecem amanhã, acirrou ainda mais a disputa, com algumas pesquisas de intenção de voto mostrando Trump à frente de Hillary. No entanto, tal conclusão do FBI deve dar mais força à democrata na reta final da campanha.

Trump busca uma vitória em Michigan, cuja maioria votou em Barack Obama em 2008 e 2012, mas que preferiu os republicanos em 2004. De acordo com pesquisas de intenção de voto da rede de televisão CBS divulgadas no último domingo, Hillary tem 46% das intenções de voto contra 41% de Trump.