Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Israel garante que não vai permitir entrada de ex-presidente do Peru

O ex-presidente do Peru Alejandro Toledo, que está foragido da Justiça peruana por supostamente ter recebido propina da empreiteira brasileira Odebrecht, não terá permissão para entrar em Israel, garantiu neste domingo o governo israelense.

Uma busca internacional por Toledo está em andamento desde que um juiz do Peru emitiu um mandado de prisão contra o ex-presidente. Acredita-se que ele recebeu cerca de US$ 20 milhões em propina da Odebrecht para ajudar a empresa a ganhar um contrato para construir uma rodovia do Brasil para o Peru.

É possível que Toledo busque refúgio em Israel, uma vez que sua esposa tem a cidadania do país, que não tem um acordo de extradição com o Peru. Suspeita-se que ele tenha passado o fim de semana em São Francisco, nos Estados Unidos, e teria um voo marcado para Israel na tarde deste domingo, informação que não foi confirmada por autoridades israelenses. Segundo o governo de Israel, a entrada do ex-presidente só será permitida se a sua situação for regularizada.

A Odebrecht admitiu no ano passado, em acordo com a Justiça dos Estados Unidos, que pagou cerca de US$ 800 milhões em subornos a países América Latina, incluindo US$ 29 milhões durante os governos de Toledo e de seus dois sucessores no Peru. Toledo, que foi visto pela última vez em Paris há uma semana, negou qualquer irregularidade. Fonte: Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo