Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Justiça iraquiana abre caminho para Curdistão anular plebiscito

A Suprema Corte do Iraque abriu o caminho para a região autônoma do Curdistão reverter o polêmico plebiscito sobre independência realizado há quase dois meses e anular o resultado da votação que apoiou a secessão do território.

O tribunal iraquiano reiterou hoje uma decisão anterior que considera inconstitucional o plebiscito de 25 de setembro e exige sua anulação.

Na crise que se seguiu à votação, Bagdá exigiu que os curdos anulem seu resultado antes que tenham início negociações entre o governo central iraquiano e a região autônoma.

O plebiscito foi rejeitado por Bagdá e países vizinhos do Iraque. Foi criticado também pelos EUA e pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Na esteira da votação, forças iraquianas capturaram a cidade de Kirkuk e outras áreas disputadas com os curdos. Fonte: Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo