Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Maduro pede plano de implantação permanente de militares na Venezuela

(Foto: Andres Martinez Casares/Reuters) - Maduro pede plano de implantação permanente de militares na Venezuela
(Foto: Andres Martinez Casares/Reuters)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu nesta sexta-feira, 15, aos líderes militares a criação de um "plano especial de implantação permanente" das Forças Armadas para "defender a nação". No encontro, ele afirmou que Estados Unidos e Colômbia estão traçando "planos de guerra" contra o país.

"Vamos fazer um plano especial para a implantação permanente e adequação de força. Peço progressivamente, um plano para manter mobilizada a Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) em defesa da nação", disse Maduro, em pronunciamento transmitido pela emissora de TV estatal "VTV".

O presidente não especificou detalhes sobre a operação do plano, mas ressaltou que a mobilização deverá contar com os "tanques da República, os mísseis da República, os soldados da República", e que devem chegar a todo território venezuelano.

Sanções dos EUA

Também nesta sexta-feira, o departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou sanções contra cinco funcionários da inteligência e segurança próximos a Maduro. As punições preveem o congelamento de bens nos EUA, a proibição de entrada no país e o veto de transações financeiras.

Entre os alvos das sanções estão o titular do Serviço Bolivariano de Inteligência Militar (Sebin), Manuel Ricardo Cristopher Figuera; o primeiro comissário da Sebin, Hildemaro José Rodríguez Mucura; o comandante da Direção Geral de Contrainteligência Militar, Iván Rafael Hernández Dala; o diretor das Forças de Ações Especiais da Polícia Nacional, Rafael Enrique Bastardo Mendoza; e o principal responsável da companhia Petróleos da Venezuela SA (Pdvsa), Manuel Salvador Quevedo Fernández.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo