Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

No Vietnã, Trump diz que EUA não vão mais tolerar "abusos comerciais crônicos"

(Foto: Divulgação) - Trump diz que EUA não vão mais tolerar "abusos comerciais crônicos"
(Foto: Divulgação)

O presidente Donald Trump disse nesta sexta-feira que não permitirá mais que "tirem vantagem" dos EUA no comércio e acrescentou que sempre colocará "a América em primeiro lugar".

Em discurso durante fórum da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec), em Da Nang, no Vietnã, Trump afirmou que os EUA não podem mais tolerar o que chamou de "abusos comerciais crônicos" e que os atuais desequilíbrios no comércio com seu país "não são aceitáveis".

Segundo Trump, os EUA querem buscar relações comerciais "fincadas nos princípios da equidade e da reciprocidade", o que não acontece "há muito tempo". Trump disse ainda que os EUA diminuíram barreiras comerciais, mas que "outros países não abriram seus mercados para nós".

"Em resumo, não temos sido tratados de forma justa pela Organização Mundial do Comércio (OMC)", disse o presidente americano.

Trump, que chegou hoje ao Vietnã como parte de uma turnê pela Ásia que começou no último domingo, afirmou também que oportunidades de investimentos mutuamente benéficos se perderam "por falta de confiança no sistema global de comércio".

No mesmo evento, Trump fez uma alusão ao presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, ao declarar que "não devemos ficar reféns das fantasias distorcidas de conquista violenta e de chantagem nuclear de um ditador".

Desde que iniciou seu giro pela região asiática, Trump já esteve no Japão, na Coreia do Sul e na China. Do Vietnã, ele seguirá para as Filipinas. Fontes: Dow Jones Newswires/Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo