Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Nos EUA, Trump se reúne com premiê do Japão em Nova York

O ministro do Japão, Taro Aso, afirmou nesta quinta-feira no Parlamento de seu país que o primeiro-ministro Shinzo Abe se reunirá mais tarde com o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, a pedido do norte-americano. "Eles nos aproximaram de nós para propor uma refeição juntos e isso é uma coisa boa", comentou Aso aos parlamentares. Segundo o ministro, é "muito raro" que um presidente eleito escolha um líder japonês para sua primeira reunião com um chefe de Estado após ser eleito.

O premiê japonês deve buscar garantias de que Trump manterá o compromisso do governo norte-americano com a aliança com Tóquio. Durante a campanha, o empresário republicano disse que aliados como o Japão e a Coreia do Sul contribuiriam mais com o custo de manter tropas norte-americanas em seus países. Tanto o governo japonês como o sul-coreano já pagam somas consideráveis pelo apoio dos EUA em bases dos EUA, mas notam também que é do interesse estratégico dos EUA ter presença na segurança do Pacífico.

Abe também disse que tentará convencer Trump a apoiar a Parceria Trans-Pacífico, um acordo de livre-comércio entre 12 países que foi alvo de críticas do republicano na campanha. Aparentemente, será difícil que o Congresso dos EUA ratifique o tratado. O pacto deve ser discutido no encontro anual da Comunidade Econômica Ásia-Pacífico no Peru, para o qual Abe seguirá após sua passagem por Nova York. Fontes: Associated Press e Dow Jones Newswires.