Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Premiê da França diz que renunciará para disputar a Presidência

(Foto: Divulgação) - Premiê da França diz que renunciará para disputar a Presidência
(Foto: Divulgação)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, anunciou nesta segunda-feira (5) que concorrerá à Presidência nas eleições de abril.

Membro do Partido Socialista, Valls disputará com outros concorrentes a candidatura da esquerda nas primárias de janeiro. Outras legendas participam das prévias.

O premiê afirmou que apresentará sua renúncia nesta terça (6) para se concentrar nos trabalhos da campanha.

"Quero dar tudo pela França", disse Valls, 54, a apoiadores em Evry, subúrbio de Paris.

O anúncio da candidatura de Valls ocorre poucos dias depois de o presidente François Hollande, também membro do Partido Socialista, abrir mão da disputa para se reeleger. É a primeira vez desde 1958 que um presidente não tenta se reeleger na França.

Hollande foi eleito em 2012. Sua popularidade caiu devido ao baixo crescimento econômico e ao alto desemprego. A satisfação com seu mandato bateu em apenas 4%.

O Partido Socialista, de centro-esquerda, provavelmente não chegará ao segundo turno das eleições. As pesquisas de opinião sugerem, atualmente, que a Presidência será disputada entre François Fillon (centro-direita) e Marine Le Pen (extrema-direita).

Fillon venceu no dia 27 as primárias da sigla Os Republicanos. Ele derrotou o ex-presidente Nicolas Sarkozy e o ex-premiê Alain Juppé.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo