Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Putin retira Rússia da Corte Internacional de Direitos Humanos

(Foto: Divulgação) - Putin retira Rússia da Corte Internacional de Direitos Humanos
(Foto: Divulgação)

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou um decreto retirando a o país da Corte Internacional de Direitos Humanos, encarregada de investigar acusações como a de genocídio e crimes contra a humanidade.

O decreto, publicado nesta quarta-feira, chega um dia após um comitê das Nações Unidas aprovar uma resolução condenando a "ocupação temporária da Crimeia" por parte da Rússia, além de condenar o governo em Moscou por abusos de direitos como discriminação contra os habitantes locais.

A Rússia anexou a Crimeia, que faz parte da Ucrânia, em março de 2014. O movimento levou os países do Ocidente a aprovarem sanções contra o país.

Em 2000, Putin assinou o tratado de Roma, que estabeleceu o Tribunal de Haia, mas nunca o ratificou.

A notícia ocorre após três países africanos - África do Sul, Burundi Gâmbia - anunciarem que irão deixar a corte. Fonte: Associated Press.