Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Trump escolhe Reince Priebus como chefe de gabinete de sua administração

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou neste domingo o nome de Reince Priebus, presidente do Comitê Nacional do Partido Republicano, como seu chefe de gabinete.

Steven Bannon, ex-banqueiro do Goldman Sachs e ex-oficial da Marinha norte-americana, que atuou como chefe executivo da campanha de Trump, será estrategista-chefe e conselheiro sênior do presidente. Bannon é o mais conhecido como responsável pelo site de notícias Breitbart News, uma página de notícias políticas que chama a atenção por atrair leitores conservadores que são contra a política tradicional.

"Trump está ouvindo o conselho de muitas pessoas", disse Kellyanne Conway, que gerenciou a campanha, neste domingo. "Ele não vai errar nesta decisão".

A seleção de Priebus sugere que Trump está interessado em uma abordagem mais convencional para governar os EUA, depois de sua campanha insurgente.

Advogado de 44 anos de idade, Priebus passou a maior parte de sua carreira na política. Depois de perder uma eleição para o Senado no estado de Wisconsin em 2004, ele se tornou o mais jovem presidente do Partido Republicano a ser eleito no estado em 2007. Ele também é o presidente que está há mais tempo à frente do Comitê Nacional republicano, cargo para o qual ele foi eleito em 2010, e é um aliado próximo do Presidente da Câmara, Paul Ryan, um republicano também de Wisconsin.

Conhecido por suas proezas na angariação de fundos e pela modéstia do meio-oeste que desmente sua ambição, Priebus usou o aparelho nacional do partido para fornecer grande parte da infraestrutura que ajudou a campanha Trump a vencer as eleições na semana passada. A equipe do Comitê Nacional forneceu milhares de agentes de campo e um volume de dados que ajudou a impulsionar os votos para Trump em estados importantes.

Trump destacou o papel de Priebus durante seu discurso de vitória na noite da eleição, chamando seu conselheiro de "um cara incrível". "Reince é um superstar", disse Trump. "Ele é o cara mais trabalhador."

Bannon, de 62 anos, traz um estilo diferente. Ele pressionou Trump a se concentrar nos eleitores brancos da classe trabalhadora, apesar dos líderes do Partido Republicano terem como objetivo ampliar o apelo aos eleitores minoritários. Ele também foi importante na montagem de uma conferência de imprensa surpresa apenas horas antes do segundo debate presidencial que contou com Trump e várias mulheres que haviam acusado o marido de seu rival, o ex-presidente Bill Clinton, de má conduta sexual. Fonte: Dow Jones Newswires.