Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Vaticano: Papa Francisco aceita renúncia de arcebispo de Santiago

O Papa Francisco destituiu hoje o cardeal Ricardo Ezzati como arcebispo de Santiago, capital do Chile, depois que ele foi colocado sob investigação criminal de abuso sexual, em meio ao escândalo que atinge o país sul-americano com denúncias de abuso e encobrimento por parte da igreja.

Francisco aceitou a renúncia de Ezzati e nomeou um substituto temporário para governar a arquidiocese mais importante do Chile: o frade capuchinho espanhol e atual bispo de Copiapó, dom Celestino Aos Braco.

Em um comunicado pedindo orações por seu novo emprego, Braco reconheceu as dificuldades à frente, ressaltando "luz e trevas, sucesso e deficiências, feridas e pecados" da igreja de Santiago. Mas o sacerdote também enfrentou acusações de acobertamento depois que um ex-seminarista o acusou de ajudar a atrasar as investigações de suas denúncias anos atrás.

Ezzati, de 77 anos, havia apresentado sua renúncia a Francisco há dois anos quando atingiu a idade compulsória de aposentadoria de 75 anos. Mas o papa o manteve, e Ezzati se tornou objeto de fortes críticas por parte das vítimas de abusos.

Na sexta-feira, um tribunal de apelações no Chile permitiu que os promotores continuassem investigando Ezzati por um suposto encobrimento, rejeitando sua moção para rejeitar o caso e se retirar da investigação, informou a mídia chilena. Fonte: Associated Press.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo