Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Vice-presidente dos EUA diz que pesadelo do Obamacare está prestes a acabar

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, fez um discurso neste sábado em Louisville, no Kentucky, onde foi favorável ao projeto elaborado por deputados republicanos para revogar e substituir o Ato de Cuidado Acessível, que ficou conhecido como Obamacare. "O pesadelo do Obamacare está próximo do fim", disse.

Em sua fala, Pence voltou a atacar o Obamacare e disse que os democratas mentiram ao povo americano. "Eles nos disseram que o custo do seguro de saúde baixaria. Não é verdade. Eles nos disseram que, se você gostasse dos seus médicos, poderia mantê-los. Não é verdade."

Segundo Pence, o povo americano luta contra o Obamacare todos os dias, assim como fazem as pequenas empresas. O vice-presidente destacou que a principal meta da Casa Branca é a de trazer de volta os empregos ao país e disse que "o presidente Donald Trump e eu sabemos que os pequenos negócios são os motores da economia dos EUA. Por isso, nosso governo será o melhor amigo que as pequenas empresas da América terão".

No início de seu discurso, Pence destacou que era uma "grande honra" estar no estado natal do líder republicano no Senado, Mitch McConnell. A fala vem em conjunto com um movimento da Casa Branca de fazer com que algumas alas do Partido Republicano aprovem o projeto do Obamacare. Na última semana, Trump intensificou suas conversas com congressistas republicanos, entre os quais estavam alguns senadores conservadores que se posicionaram publicamente contra o projeto de saúde, que é encabeçado pelo também republicano Paul Ryan, que preside a Câmara dos Representantes.

"Trump e eu sabemos que Kentucky estará conosco para revogar e substituir o Obamacare de uma vez por todas", disse Pence. Em seu discurso, o vice afirmou, ainda, que o governo deseja uma transição ordenada para um sistema de saúde melhor. "Depois que tivermos isso feito, vamos cortar impostos. O presidente não tem maior prioridade do que a segurança do povo americano."