Número de refugiados ucranianos na Europa ultrapassa 4,5 milhões

O número de refugiados ucranianos na Europa ultrapassou 4,5 milhões, nesta segunda-feira (11), devido ao avanço das forças russas no país. De acordo com o programa de monitoramento da Organização das Nações Unidas (ONU), quase metade do grupo é composto por crianças e adolescentes, além de mais de 200 mil cidadãos de outras nacionalidades. 

UNICEF/Vincent Tremeau

Assim como registrado desde o início do conflito militar, a Polônia continua sendo o país que mais recebeu refugiados procedentes da Ucrânia, contabilizando mais de 2,6 milhões de pessoas. Outras nações como Romênia (692 mil), Hungria (424 mil), Moldávia (411 mil) e Eslováquia (317 mil) também seguem recepcionando os civis, assim como regiões russas (404 mil).

Pelas redes sociais, o diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM), António Vitorino, também chamou a atenção para o número de cidadãos deslocados internamente na Ucrânia, que já chega a 7,1 milhões, sendo metade mulheres. 

“A escala do sofrimento humano e do deslocamento forçado devido à guerra excede em muito qualquer planejamento de pior cenário”, disse Vitorino. “Corredores humanitários são urgentemente necessários para permitir a evacuação segura dos civis e garantir o transporte e a entrega de ajuda humanitária tão necessária”, acrescentou.

Informações de SBT News

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa