Oportunidades de estágio crescem com retomada das atividades presenciais

Segundo o Centro de Integração Nacional de Estágios (CEINEE), desde o início do ano, quando as atividades presenciais foram sendo retomadas gradativamente, as oportunidades de estágio também voltaram a crescer em todos os setores da economia. Informações do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) apontam que no primeiro trimestre de 2022, o número de contratações de estagiários registrou aumento de 18,2% na comparação com o mesmo período de 2021. Ainda de acordo com o CIEE, no ano passado havia 707,9 mil estagiários no país, e no primeiro trimestre deste ano, 726,6 mil ocupavam essas posições. Embora a demanda seja maior, o número de possibilidades está abaixo do registrado em 2019, antes da pandemia. A projeção da pesquisa é que em 2023 a quantidade de contratos de estágio cresça cerca de 10% em relação a este ano.

No Paraná, mais de 27 mil jovens atuam como estagiários – maiores de 16 anos que trabalham sem carteira assinada, por, no máximo, 6 horas diárias e com contrato que não pode ultrapassar dois anos. 

Para Vitória Eduarda Ribas, estagiária na área de Comercial Vendas, do Moinho de Trigo da Unium, o acadêmico que passa pela faculdade sem fazer o estágio, certamente não terá o mesmo aproveitamento. “O estágio permite desenvolver na prática o que é ensinado na teoria. Essa perspectiva faz toda a diferença, visto que o conhecimento aliado à prática traz segurança para desenvolver o meu trabalho com eficiência e assim contribuir de maneira positiva com a empresa que me proporcionou essa chance”, explica. 

De acordo com Auke Dijkstra Neto, Gestor de Estratégia e Inovação da Unium, marca institucional das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, o setor agroindustrial vem acompanhando essa demanda. ”Os candidatos que estão em busca de oportunidades precisam estar atentos às inovações do mercado, que incluem desde habilidades técnicas até  comportamento. Além do aprendizado, o estágio é uma oportunidade para fortalecer o senso de responsabilidade, reforçar o trabalho em equipe e ingressar no mercado de trabalho”, destaca.

Para quem busca uma oportunidade nas indústrias da marca é só acompanhar nos sites:

Frísia:https://platform.senior.com.br/hcmrs/hcm/curriculo/?tenant=frisia&tenantdomain=frisia.coop.br#!/vacancies/list 

Castrolanda: https://castrolanda.gupy.io/ 

Capal: https://www.capal.coop.br/m/trabalhe-conosco.php