Motorista que causou acidente nas Mercês se apresenta à polícia

Com a colaboração de Alexandre Xavier/Rede Massa

O motorista que provocou o acidente que matou o jovem Gabriel Camargo Skora no último fim de semana, nas Mercês, em Curitiba, se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira (28).

gabriel-camargo-skora-acidente
Foto: Reprodução/Redes sociais

O suspeito de 32 anos chegou com o advogado. De óculos escuro, máscara e capuz, ele escondeu o rosto da imprensa. Durante o depoimento, ele preferiu ficar em silêncio e não comentou sobre o acidente registrado nas Mercês no fim de semana.

“Ele manifestou o direito constitucional de permanecer em silêncio e não responder às perguntas que seriam formuladas”, explica o delegado responsável pela investigação do caso, Edgar Santana.

Ele conta que a mãe de Gabriel Skora foi ouvida ainda nesta segunda e, nos próximos dias, a Polícia Civil vai trabalhar buscando outras testemunhas do acidente.

Foto: Reprodução/Rede Massa

“Também estamos na posse de imagens do sistema de monitoramento do local, essas imagens foram remetidas para o Instituto de Criminalística formalizar a dinâmica do acidente”, completa.

Gabriel Camargo Skora morreu após acidente nas Mercês

A tragédia aconteceu no último fim de semana no bairro Mercês, em Curitiba. O carro que teria causado o acidente seguia pela Avenida Manoel Ribas, enquanto Gabriel Skora dirigia pela rua Júlio Perneta.

As câmeras de segurança mostram o reflexo vermelho do semáforo da rua que estava com o veículo que teria provocado o acidente. Em outra imagem, é possível ver o sinal verde para o carro conduzido pelo estudante que morreu na colisão.

Com a batida, o carro de Skora foi lançado contra a grade e quase invadiu um banco. Gabriel foi socorrido, mas morreu horas depois, no hospital. Já o causador do acidente fugiu do local sem prestar socorro, de acordo com testemunhas.

Motorista que causou acidente nas Mercês não estava sozinho

O boletim de ocorrência registrado pela polícia no local do acidente consta que, no carro branco, havia duas pessoas que teriam saído do local sem prestar socorro.

Depois disso, segundo o BO, uma funcionária do motorista causador do acidente foi orientada a recolher os pertences dele e ficar no local.

O delegado Edgar Santana assegura que essa pessoa que acompanhava o motorista no momento do acidente será identificada e também deve ser responsabilizada.

Santana esclarece que hoje o rapaz responde por homicídio culposo com aumento de pena por omissão de socorro, além de responder por afastar-se do local de acidente.

“No entanto nada impede que, no decorrer das investigações, caso surjam novas provas, que a gente mude o enquadramento legal e ele possa responder por homicídio com dolo eventual”.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa