Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Moradores de Tamarana vêm a Londrina protestar contra prefeito eleito

(foto: Mike Okano/Rede Massa) -  Moradores de Tamarana vêm a Londrina protestar contra prefeito eleito
(foto: Mike Okano/Rede Massa)

Cerca de 100 moradores de Tamarana estiveram na manhã desta quarta-feira (26) em Londrina para protestar contra a corrupção. O alvo é o ex-prefeito Beto Siena, que voltou a ser eleito para ocupar o cargo nas últimas eleições, mas responde a ações na justiça por improbidade administrativa.

Os moradores vieram em três ônibus e chegaram à cidade por volta das 9h para um encontro com o promotor de Defesa do Patrimônio Público, Renato de Lima Castro.

A promotoria ajuizou quatro ações civis públicas contra Siena que aguardam julgamento no Tribunal de Justiça.

As ações sustentam que sob orientação e coordenação do ex-prefeito Beto Siena e com a colaboração de secretários municipais, os servidores municipais “tinham por objetivo desviar recursos públicos e beneficiar indevidamente determinadas empresas e os próprios agentes”, em um esquema dividido em quatro frentes de atuação: transporte público, com dano estimado em R$ 7,6 milhões em concorrência simulada; compra de alimentos, com prejuízo de R$ 2,5 milhões; roçada e limpeza de bueiros, com dano de R$ 2,2 milhões e saúde, com a contratação de uma Oscip com prejuízo de R$ 4,4 milhões aos cofres públicos, incluindo R$ 92 mil em pagamento de propina.

Como não foi condenado, Beto Siena concorreu normalmente ao cargo de prefeito e foi eleito com 3.628 votos, contra 2.580 do atual prefeito, Paulino de Souza (PMDB).