Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Advogada é presa ao recusar bafômetro; ela ainda estava com a CNH suspensa e o carro tinha débitos

Advogada é presa ao recusar bafômetro após acidente

Uma advogada foi presa por policiais militares do Pelotão de Trânsito após se envolver em um acidente no Bairro Ciro Nardi, em Cascavel, na madrugada de sexta-feira (22) e recusar-se a fazer o teste do bafômetro. Ela era condutora de um Chevrolet Celta, que atingiu a cerca do 33º BIMec (Batalhão de Infantaria Mecanizado).

De acordo com relatos de populares que presenciaram o acidente, a motorista de 30 anos seguia pela Rua Maranhão e avançou a preferencial na esquina com a Rua 25 de Agosto. O veículo ainda subiu na calçada e só parou após atingir a cerca de proteção do batalhão.

O Pelotão de Trânsito da PM foi acionado, mas a condutora recusou-se a fazer o teste do bafômetro e acabou presa. Apesar de não sofrer ferimentos, ela foi atendida por socorristas do Siate e encaminhada à UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) do Jardim Veneza, sob escolta policial. Após receber alta, a advogada foi conduzida à carceragem da 15ª SDP (Subdivisão Policial).

Ainda conforme a PM, a mulher estava com a carteira de habilitação suspensa e o veículo tinha débitos pendentes. O carro foi guinchado ao pátio do 6ª BPM (Batalhão de Polícia Militar).

Colaboração Catve.com

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo