Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Agentes de combate a endemias estão vistoriando casas em Araucária

Quatro casos importados da doença foram confirmados na cidade (Foto: Assessoria/Araucária) - Araucária tem 31 suspeitas e 4 casos confirmados de dengue
Quatro casos importados da doença foram confirmados na cidade (Foto: Assessoria/Araucária)

Um levantamento do Departamento de Vigilância em Saúde aponta que, em 2016, já há 4 casos confirmados de dengue em moradores de Araucária e outros 31 suspeitos. Dos casos confirmados este ano, todos são de moradores que pegaram a doença em outros municípios. Em 2015, foram contabilizados 5 casos, sendo 1 deles adquirido no próprio município.

É importante que os moradores estejam atentos aos locais para onde viajam. Das 31 situações consideradas suspeitas de dengue (que aguardam o resultado do exame), parte foi registrada no município e o restante em outras localidades (incluindo a cidade Maringá e o estado do Mato Grosso, por exemplo). Em 2015, foram 17 casos suspeitos. Nesses casos, a pessoa que apresenta sintomas é atendida e recebe o acompanhamento como se fosse uma situação de dengue.

A preocupação com os locais para onde se viaja é importante porque, de acordo com técnicos da Saúde, uma pessoa contaminada pode trazer o vírus para a cidade e contribuir para o surgimento de casos locais. Em até 5 dias dos primeiros sintomas, se o aedes aegypti (até então sem o vírus) picar uma pessoa infectada ele pode passar a transmitir o vírus para outras pessoas. Daí a importância de a população ajudar a eliminar os focos de aedes no município. Não custa lembrar que o aedes também é responsável pela transmissão da chikungunya e zika.

Em relação a focos de mosquito, neste ano, foram identificados 5 focos de aedes albopictus (um tipo de “primo” do aegypti) e 1 foco de aedes aegypti em Araucária. As áreas afetadas foram: Barigui, Thomaz Coelho e Capela Velha. Foco é o termo utilizado quando é encontrado a presença da larva ou mosquito adulto. Nessas situações é realizada a vistoria de imóveis adjacentes no raio de 300 metros visando identificar e eliminar o criadouro.

Disque Dengue

Araucária conta com um serviço telefônico para esclarecer dúvidas e receber pedidos de vistoria relacionadas a suspeitas de focos de dengue. O telefone é 0800-643-3005. No ano de 2015, foram 170 ligações registradas para o Disque Dengue. Em 2016, até o dia 03 de fevereiro, foram registrados 125 telefonemas.

Os agentes de combate a endemias, que estão visitando as residências, são identificados com colete verde com a inscrição de Agente de Combate a Endemias nas costas, crachá azul da Secretaria Municipal de Saúde e bolsa. Já os agentes comunitários de saúde, que também fazem parte da mobilização contra o aedes, usam camiseta de identificação e, como estão sempre na comunidade, são pessoas mais conhecidas dos moradores.

Colaboração Assessoria de Comunicação de Araucária

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo