Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Alegando falta de recursos, Santa Casa de Cambé paralisa atendimentos

(foto: Google Maps/Reprodução) - Alegando falta de recursos, Santa Casa paralisa atendimentos
(foto: Google Maps/Reprodução)

A Santa Casa de Cambé está com serviços paralisados a partir desta quarta-feira (16) alegando falta de recursos financeiros. Até sexta-feira (18), apenas serviços de urgência e emergência serão mantidos.

Segundo a direção do hospital, desde julho do ano passado não foi renovado o custeio de R$ 230 mil mensais com o governo do estado, atendendo a uma orientação da Procuradoria Geral do Estado com base em decisão do Tribunal de Contas que considerou o impasse irregular. Desde então, o hospital deixou de receber R$ 3,6 milhões.

Em nota, a prefeitura lamenta a paralisação e diz que uma reunião realizada na última quinta-feira (10) com representantes do Executivo, membros do Conselho Municipal de Saúde e o Ministério Público definiu a redação de um documento oficial a ser enviado ao governo do Paraná requerendo uma solução para a falta de repasses.

Segundo a presidente do Conselho Municipal de Saúde Maria de Brito Lô Sarzi, que é também Secretária Municipal de Saúde, este documento foi enviado para a 17° Regional da Secretaria de Estado da Saúde, sem que ainda fosse dada alguma resposta.

A Prefeitura de Cambé relata ainda que a Secretaria Municipal de Saúde enviou um comunicado as duas Unidades 24 horas do município avisando que possivelmente haverá um fluxo maior de pacientes nestas Unidades nos próximos dias. Também foram comunicadas a central do Samu no município, a Regional de Saúde e a Central de Leitos de Londrina que em casos de necessidade de internação dos pacientes, os mesmos serão enviados para estes locais.

De acordo com o prefeito João Pavinato, a subvenção municipal tem sido repassada regularmente, como foi acordado. Portanto as 12 parcelas de aproximadamente R$ 330 mil estão em dia para que o Pronto Socorro da Santa Casa de Cambé funcione efetivamente.

(com informações do Portal Cambé)