Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Após ataque de macaco, bebê passa por cirurgia

(Foto: Colaboração) - Após ataque de macaco, bebê passa por cirurgia
(Foto: Colaboração)

A criança que foi atacada por um macaco bugio dentro de casa passou por uma cirurgia para a reconstrução do couro cabeludo. A menina de apenas um ano e dez meses está internada no Hospital do Trabalhador.

O ataque aconteceu na manhã da última quarta-feira (14), em um condomínio de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. “Minha esposa estava ajudando minha filha mais velha com a tarefa, as três estavam na mesa. Ela foi no quarto, pegar a carteirinha pra ajudar no questionário, e nesse tempo o macaco entrou e atacou ela. Foi questão de segundos”, comentou o pai da criança, Fernando Henrique Balardim.

O animal entrou pela porta da varanda do aparamento, que fica no andar térreo do condomínio localizado ao lado de uma área de preservação. “Minha esposa tirou o macaco de cima da minha filha, ele tentou voltar pra cima dela. Então minha esposa grudou no pelo dele e puxou ele pra fora”, disse. A mulher também ficou ferida ao socorrer a filha. “Se minha esposa não estivesse perto, o macaco teria matado minha filha”.

De acordo com Balardim, a menina passa bem. Ela está com sete pontos na testa e ainda não tem previsão de alta, pois é monitorada pelos médicos, devido ao fato de o ataque ter sido feito por um animal silvestre.

Trauma

A situação deixou a família bastante abalada. Balardim conta que sua esposa e a filha mais velha, que viu todo o ataque, ainda não conseguiram voltar para casa. A garota também está bastante traumatizada. “Passado o susto inicial do ataque, agora tem a consequência psicológica da criança”, lamenta o pai.

Além disso, os demais moradores do condomínio também estão assustados. O macaco foi localizado há cerca de dois meses e desde então os moradores tentam solicitar junto às autoridades a retirada do animal da área.

Colaboração Rede Massa