Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Assistência Social vai receber R$ 795 mil para projetos

(Foto: Divulgação) - Assistência Social vai receber R$ 795 mil para projetos
(Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Assistência Social receberá, em 2017, R$ 795 mil para investimento em quatro programas já realizados pela pasta, em defesa das crianças e adolescentes, população vulnerável ou em risco e para empregabilidade. O anúncio foi feito após deliberação da Secretaria Estadual da Infância e Adolescência, realizada na manhã desta quinta (08/12) na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Ponta Grossa.

Os valores estão divididos em quatro áreas. Para apoio a crianças e adolescentes vítima de violência, serão R$ 7 mil por Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), em um total de R$ 22 mil; Programa Liberdade Cidadã, com R$ 425 mil; Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com R$ 147 mil; além de R$ 201 mil para programas de aprendizagem. No total, serão destinados R$ 2.559.971,41 para 25 municípios dos Campos Gerais.

Segundo o secretário de Assistência Social, Rodrigo Labiak, o Município fará bom uso dos recursos. “São valores que vão auxiliar a aprimorar o trabalho realizado. Nosso objetivo é utilizar parte dos valores para a renovação tecnológica dos equipamentos dos CREAs, além de reforçar a Proteção Especial para crianças e adolescentes. Estes programas já são bem avaliados, mas irão ganhar mais força com estes recursos”.

Atendimento

Atualmente, a Prefeitura atende cerca de 30 mil famílias através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Através deles, a população é direcionada para acesso a todos os seus direitos sociais, incluindo programas como o Bolsa-Família, e encaminhados para qualificação profissional, entre outros serviços. Já nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), são ofertados serviços de proteção a indivíduos e famílias vítimas de maus-tratos, violência, abuso e exploração sexual e outras formas de violação de direitos, tais como o trabalho infantil, situação de rua, negligência, entre outros.

Colaboração Assessoria de Imprensa.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo