Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Audiência pública debate novo contrato da Sanepar para os próximos 30 anos

(Foto: William Batista/Rede Massa) - Audiência pública debate contrato da Sanepar para os próximos 30 anos
(Foto: William Batista/Rede Massa)

Audiência Pública realizada, nesta sexta-feira (23), na Câmara Municipal de Ponta Grossa, debateu proposta da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) para uma nova concessão de mais de 30 anos. O contrato atual vence em 2026.

A sessão teve o intuito de discutir as cláusulas do novo contrato. Segundo o Gerente Geral da Sanepar, Fábio Oliveira, a companhia quer atingir 95% em tratamento de esgoto e 100% em abastecimento. Também pretende destinar 3% do faturamento anual para ações ambientais, caso o novo contrato entre em vigor daqui a nove anos. Ao longo de 30 anos cerca de um bilhão de reais pode ser injetado no município. Além disso, o novo contrato daria mais transparência para as fiscalizações.

Para o Secretário de Meio Ambiente, Paulo Barros, haverá recursos para investir no tratamento de córregos.

Atualmente a prefeitura tem uma dívida de cerca de 38 milhões de reais com a Sanepar, que está na Justiça. Com a aprovação do novo contrato, a dívida pode ser reduzida para 33 milhões, e ainda ser paga em 120 vezes.

O Procurador do Município, Marcus Freitas, ressaltou que seria uma saída para não acumular mais uma dívida.

A prefeitura e a Sanepar devem montar o projeto final, incluindo as sugestões que foram dadas durante a audiência pública. Assim que for concluída, a proposta será encaminhada para a análise dos vereadores.

Com informações de William Batista/Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo