Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

‘Brida’, certificada internacionalmente em buscas, segue para Brumadinho

(Foto: Colaboração Assessoria de Imprensa Polícia Militar) - Brida, certificada internacionalmente em buscas, segue para Brumadinho
(Foto: Colaboração Assessoria de Imprensa Polícia Militar)

A cadela Brida, juntamente com seu condutor o soldado bombeiro João Carlos Alves, além de outros sete bombeiros militares, especializados em Busca e Salvamento, seguiram  na segunda-feira (11) para Brumadinho, em Minas Gerais, onde houve o rompimento da Barragem do Córrego do Feijão. O objetivo é auxiliar as equipes de buscas, principalmente nos ambientes que demandam cão de faro.

O animal e o condutor pertencem ao 2º Subgrupamento de Bombeiros Independente de Pato Branco. Os demais bombeiros que seguiram viagem são especializados, possuem cursos na área e atualmente integram o Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST). Todos os integrantes da equipe possuem vasta experiência em situações semelhantes.

Brida é pastor Malinois, tem um ano e meio de treinamento e atuação junto a Polícia Militar, sempre com seu condutor, é especializada e, no final de 2008, foi certifica nacional e internacionalmente para busca e resgate de pessoas. “Estamos levando esta cadela devido à necessidade do local e pela certificação dela”, revela o Capitão Daniel Lorenzetto, Comandante do Gost.

Qualificação

De acordo com o Comandante do Corpo de Bombeiros paranaense, o Paraná possui equipes de ponta (que é o GOST), altamente qualificadas e com experiência com este tipo de operação. “Já trabalhamos em auxílio ao Estado de Santa Catarina no episódio ocorrido em Itajaí em 2008 [deslizamento de terra] e também em auxílio ao Estado de Piauí, no rompimento da Represa de Algodões”, descreve.

Além do GOST, conforme explica o coronel Prestes, cada Grupamento do Corpo de Bombeiros possui pessoal treinado e material específico (forças tarefas) para complementar e auxiliar o GOST neste tipo de situação. “Este é o caso da cadela Brida e seu condutor, que vêm de Pato Branco”, conta o Capitão Daniel.

O coronel Prestes lembra que o Gost já está auxiliando Brumadinho há duas semanas em formato de revezamento. “Estamos fazendo troca de equipe de segunda para terça sempre, enquanto for necessário”, explicou. O capitão Daniel que está na equipe desta segunda-feira fez parte da equipe precursora e retorna agora para mais uma jornada.

Compõem a equipe o capitão Daniel Lorenzetto; o tenente Henrique Biss Bortolini; o sargento Carlos Eduardo de Camargo; o sargento Christiano Peters; o soldado Cleverson José Trindade; soldado Maykell Sandri Andrade; o soldado Rafael dos Santos Souza Vaz e o soldado João Carlos Alves Junior, além da cadela de busca e salvamento Brida.

Colaboração Assessoria de Imprensa Polícia Militar

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo