Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cachorro morre após ser queimado por morador do Pilarzinho

(Foto: Reprodução / Facebook) - Cachorro morre após ser queimado por morador do Pilarzinho
(Foto: Reprodução / Facebook)

Os moradores do bairro Pilarzinho, em Curitiba, se mobilizaram para o atendimento de um cachorro que foi queimado vivo por um homem que vive na região. O caso aconteceu na última segunda-feira (12) e, apesar dos esforços, o animal morreu nesta quarta-feira (14) em uma clínica veterinária.

Segundo relatos de moradores em redes sociais, um homem enrolou o cão - que vivia nas ruas - em um pano, jogou querosene e colocou fogo. Quem estava próximo conseguiu apagar as chamas e uma das moradoras do bairro levou o cachorro para uma clínica veterinária, onde passou por tratamento. Mas os ferimentos foram muito graves.

Os moradores agora precisam arcar com as despesas do atendimento, feito em uma clínica veterinária particular. Foi criada uma campanha para isto nas redes sociais.

Atualização

Segundo a Polícia Militar, a equipe que atendeu o caso foi abordada por uma mulher, que afirmou que seu filho teve um surto psicótico momentos antes da agressão ao cachorro. A PM informou que uma ambulância do Samu foi acionada para atender o homem. O caso ainda não chegou oficialmente à Delegacia de Meio Ambiente de Curitiba, que investiga as situações de maus-tratos a animais.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo