Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Câmara discute veto a nome de padre para Hospital da Zona Oeste

- Câmara discute veto a nome de padre para Hospital da Zona Oeste

A Câmara de Vereadores de Londrina analisa na sessão desta terça-feira (25) o veto do Executivo ao projeto de lei que denomina Padre Francisco Walter de Azevedo o futuro hospital que será construído na Vila Hípica, na zona Oeste da cidade.

A iniciativa foi aprovada em discussão única em 8 de setembro.

Na justificativa do veto, o prefeito Alexandre Kireeff (PSD) afirma que, por tratar-se de bem público pertencente ao Estado do Paraná, o município não pode nomeá-lo.

A Comissão de Justiça, Legislação e Redação não acolheu parecer técnico e manifestou-se pela derrubada do veto.

Segundo o autor do projeto, vereador Vilson Bittencourt (PSB), o “Padre Chico” como era mais conhecido, foi o primeiro londrinense ordenado sacerdote pela Igreja Católica de Londrina, no ano de 1971. Reconhecido pela dedicação aos mais carentes, sempre foi muito admirado pela comunidade, acima de tudo do Jardim Maria Lúcia (zona Oeste), onde atuou na Paróquia São Judas Tadeu. Faleceu em 30 de julho de 2015, aos 79 anos de idade. A proposta do vereador Vilson Bittencourt conta com o apoio da comunidade da região Oeste da cidade por meio de documentos encaminhados pelos moradores ao Legislativo.