Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Caminhoneiros protestam e pedem fim da greve dos auditores

Caminhoneiros fazem protesto na tarde desta terça-feira (6) na BR-277, em frente ao Porto Seco, em Foz do Iguaçu. Eles exigem o fim da greve dos auditores fiscais da Receita Federal (RF), que já dura cinco meses.

Por volta das 17h50, os motoristas dos caminhões faziam fila, exibiam faixas e buzinavam para chamar a atenção da população e dos servidores da RF. Segundo eles, a paralisação precisa acabar pois tem gerado danos aos trabalhadores. Milhões de reais estão sendo perdidos por conta das cargas que ficam retidas. Companhias que costumam fazer negócios no exterior têm amargado prejuízos.

Os auditores voltaram a cruzar os braços nesta terça-feira (6) por determinação nacional da categoria. No Porto Seco, apenas três auditores trabalham na liberação de cargas perigosas e perecíveis.

De acordo com o sindicato, o motivo é o impasse do projeto no Congresso Nacional, que exige mais autonomia e revisões na categoria. Além de estar parado, sofreu modificações que não agradaram aos servidores. O salário de um auditor fiscal em início de carreira gira em torno de R$ 10 a 15 mil.

Caminhoneiros protestam e pedem fim da greve dos auditores

Colaboração: Vinicius Machado/Rede Massa.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo