Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Caso Daniel: audiência sobre júri popular tem data marcada

(Foto: Ilustração/Reprodução/Arquivo Pessoal) - Caso Daniel: audiência sobre júri popular tem data marcada
(Foto: Ilustração/Reprodução/Arquivo Pessoal)

Começa no dia 27 de fevereiro a audiência de instrução e julgamento que vai decidir se os acusados de matar o jogador Daniel Corrêa Freitas irão ou não a júri popular. A audiência acontece ainda nos dias 28 de fevereiro e 1º de março, na 1ª Vara de São José dos Pinhais.

Devem ser ouvidas oito testemunhas de defesa para cada um dos réus, oito testemunhas de acusação e os sete réus: Allana Emylli Brittes, Cristiana Rodrigues Brittes, David Willian Vollero Silva, Edison Luiz Brittes Junior, Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, Evellyn Brisola Perusso e Ygor King.

O advogado que representa a família de Daniel, Nilton Ribeiro, está confiante que o caso vá a júri popular. “Com certeza eles irão [para júri popular], pela jurisprudência e por tudo que eles fizeram”, afirmou. Depois da audiência, defesa e acusação terão um prazo para se pronunciar.

Crime

O corpo do jogador foi encontrado na zona rural de São José dos Pinhais na manhã de 27 de outubro de 2018. Ele foi assassinado após uma confusão na casa da família de Edison Brittes, no mesmo município.

Atualização

As datas da audiência de instrução e julgamentos foram redesignadas, a pedido da defesa da família Brittes, e irão acontecer nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro.