Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cohapar discute novos projetos habitacionais em Guarapuava

(Foto: Carlos Gonçalves / Cohapar) - Cohapar discute novos projetos habitacionais em Guarapuava
(Foto: Carlos Gonçalves / Cohapar)

Abelardo Lupion, presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) a deputada estadual Cristina Silvestri e o prefeito reeleito de Guarapuava, César Silvestri Filho. Na reunião, foram tratados novos investimentos e os projetos habitacionais já em desenvolvimento na cidade.

Lupion disse que o objetivo é dar continuidade à parceria firmada em Guarapuava e que vem trazendo benefícios às pessoas que ainda sonham com a casa própria. “Precisamos trabalhar sempre em parceria e ficamos satisfeitos quando vemos que a administração municipal também prioriza a habitação popular, assim como acontece no governo Beto Richa”, destacou.

De acordo com o prefeito, a intenção é iniciar a nova gestão encaminhando projetos para a construção de 1.953 novas casas, que vão movimentar recursos de R$ 155,3 milhões. “A ideia é iniciar janeiro com novos investimentos em habitação para Guarapuava. Este é nosso compromisso com as famílias que mais precisam de moradia”, afirma Silvestri Filho.

Para a deputada, o município tem grande demanda por moradias e com o apoio do governo do Paraná será possível minimizar essa necessidade. “Queremos expandir ainda mais o atendimento às famílias que precisam de casa própria na cidade e também atender aos pequenos produtores de Guarapuava, sabemos que uma moradia digna faz a diferença na vida das pessoas”, disse.

Balanço

A parceria entre o Governo do Paraná, Governo Federal e Prefeitura beneficiou 251 famílias da cidade e outras 34 da área rural de Guarapuava com novas moradias desde 2011. Os investimentos realizados são de R$ 15,3 milhões em recursos públicos. Outras 500 unidades urbanas estão em fase de construção e mais 13 rurais com investimentos que chegam a R$ 25 milhões.

Colaboração Assessoria de Imprensa.