Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cohapar sorteia últimas casas do Residencial 2000, em Guarapuava

(Foto: Divulgação / Cohapar) - Cohapar sorteia últimas casas do Residencial 2000
(Foto: Divulgação / Cohapar)

Na quarta-feira (9), a Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e a Prefeitura de Guarapuava sortearam as últimas 114 casas do Residencial 2000. O empreendimento conta com um total de 500 unidades e terá investimentos de R$ 25 milhões do Governo do Paraná, por meio da Cohapar, Sanepar e Secretaria de Desenvolvimento Urbano, do Governo Federal, através da CAIXA, e Prefeitura.

As famílias beneficiadas possuem renda mensal de até R$ 1.600,00 e pagarão parcelas que não comprometem mais do que 5% da renda familiar, que varia de R$ 25,00 a R$ 80,00 por um período de dez anos. Com a entrega dos imóveis, prevista para dezembro, esta é a ultima etapa a ser concluída. Além das moradias, o empreendimento conta ainda com obras de infraestrutura.

Segundo o coordenador regional da Cohapar em Guarapuava, Paulo Dirceu Rosa de Souza, o sorteio é a última etapa do trabalho antes da entrega integral das 500 casas. “Faltam poucos dias para que essas famílias deixem para trás o sofrimento com o aluguel ou as condições de moradia precária para recomeçarem a vida em um novo lar. A intenção é realizar a entrega das chaves antes do Natal”, afirmou.

De acordo com o prefeito César Silvestri Filho, estas moradias serão um presente de Natal para as famílias. “Ficamos felizes por ajudar mais estas pessoas a realizarem o sonho da casa própria e estamos buscando fazer cada vez mais pela população. Aqui no Residencial 2000 temos diversas intervenções em parceria com o Governo do Paraná como Unidade Básica de Saúde e Centro de Municipal de Educação Infantil, sempre pensando em uma melhor qualidade de vida para as famílias”, afirmou.

“A concretização deste grande projeto é muito gratificante, pois ela representa a transformação na vida destas pessoas e demonstra a força da parceria de trabalho entre os órgãos públicos”, disse Silvestre.

Livre do Aluguel

Ricardo Antunes, 37 anos, servente, casado com Priscila Aparecida dos Santos, 30, vivem com uma renda de R$ 700 por mês e vão deixar de pagar o aluguel de R$ 400,00. “Estamos muito felizes porque além de ter a nossa casa ainda poderemos comprar móveis novos com o dinheiro que vai sobrar. Pela primeira vez meus filhos de três e cinco anos terão uma cama, até hoje sempre dormiram no chão”, disse Antunes.

Balanço

Desde 2011, o trabalho integrado das esferas do poder público resultou na entrega de 519 casas populares na área urbana e 34 na zona rural de Guarapuava. Além disso, foram entregues também 162 títulos de propriedade para famílias que possuíam imóveis em situação irregular. Os recursos aplicados em habitação na cidade são de R$ 40 milhões.

Colaboração Assessoria Imprensa.