Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Confrontos deixam um morto e um ferido em duas cidades da Região Metropolitana de Curitiba

Confrontos deixam um morto e um ferido na Região Metropolitana

Um homem morreu durante um confronto com policiais rodoviários federais na região de Campina Grande do Sul, na noite deste domingo (30). Um carro com quatro jovens, que seguia sentido Curitiba da BR-116, passou a trafegar em alta velocidade quando o motorista avistou a equipe policial.

Os policiais rodoviários foram atrás para tentar uma abordagem, mas o veículo acelerava cada vez mais. Até que o motorista entrou no pátio de um posto de combustíveis e não viu que ao fundo havia uma enorme depressão. O carro voou e parou dentro de uma área de mata.

Houve troca de tiros entre os suspeitos e policiais rodoviários federais. Um deles morreu depois de ser baleado. Os outros três conseguiram fugir em um outro carro do local e não foram encontrados.

Colombo

Um confronto entre suspeito e equipe da Polícia Militar foi registrado na madrugada desta segunda-feira (31) em Colombo. O caso aconteceu na rua Leonardo Druz.

De acordo com a PM, os policiais avistaram um homem de 40 anos em atitude suspeita na região e deram voz de abordagem. O homem reagiu e efetuou disparos contra a equipe policial, que revidou.

O suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Cajuru, em Curitiba. A PM informou que foi encontrado um revólver com o homem.

Atualização

Sobre o caso de Campina Grande do Sul, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na manhã desta segunda-feira (31) que equipes trocaram tiros durante uma abordagem a um veículo que estava ocupado por integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a ônibus de turismo na região. Os policiais rodoviários receberam a informação de que ocupantes de dois veículos tentaram abordar um ônibus que tinha como destino a cidade de São Paulo. Um dos carros foi localizado pela equipe policial, que se aproximou e deu ordem de parada.

O motorista do carro desobedeceu à ordem e acelerou. Durante a fuga, o veículo caiu em uma ribanceira e os ocupantes desceram do carro já atirando contra os policiais, que revidaram. Os suspeitos fugiram.

De acordo com a PRF, enquanto os policiais rodoviários federais vasculhavam o matagal, um soldado da Polícia Militar, que estava de folga e havia ouvido o tiroteio, se aproximou do local onde o carro havia sido abandonado e se deparou com um dos suspeitos, armado com uma pistola calibre 380. O suspeito foi atingido por pelo menos dois disparos e morreu no local. O policial militar não teve ferimentos. 

As equipes da PRF apreenderam quatro armas de fogo. Além da pistola, foram encontrados um revólver calibre 38 e duas espingardas calibre 12, além de munições. Com placa adulterada, o carro havia sido roubado no dia 13 de outubro em Curitiba. 

Na madrugada, outras equipes da PRF conseguiram efetuar a prisão de um dos envolvidos, no momento em que era resgatado às margens da BR-116 pelo motorista de uma caminhonete, que também foi preso. Segundo a PRF, o motorista da caminhonete admitiu ter sido chamado pelo suspeito em fuga para resgatá-lo no local, a cerca de dois quilômetros de onde houve a troca de tiros. 

O caso foi encaminhado para a Delegacia de Campina Grande do Sul.

Colaboração Rede Massa e PRF