Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Corpo de grávida estrangulada até a morte ainda está no IML

(Foto: Reprodução) - Corpo de grávida estrangulada até a morte ainda está no IML
(Foto: Reprodução)

O corpo da jovem grávida, encontrada morta no dia 4 de agosto após ser estrangulada, segue no Instituto Médio Legal (IML) de Pato Branco à espera do resultado do DNA para confirmar a identidade da vítima. Ana Carolina Prestes, de 22 anos, estava grávida de quatro meses e foi encontrada em uma lavoura próxima da PR-192, em Palmas.

Vyctor Hugo Guaita Grotti, delegado responsável pelo caso, relatou que o procedimento é burocrático devido à situação em que o corpo da jovem foi encontrado, em estado avançado de decomposição. Desta forma, o corpo só será liberado aos familiares após a confirmação através do DNA.

Porém, o drama vivido pela família da vítima há 46 dias, desde o desaparecimento da jovem, no dia 15 de julho, não deve acabar logo: ainda não há data definida para a liberação do corpo para o sepultamento.

Colaboração Portal RBJ e Louise Fiala

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo