Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Corpo de miss e empresário são sepultados

(Foto: Ilustração/Reprodução/O Bemdito) - Corpo de miss e empresário são sepultados
(Foto: Ilustração/Reprodução/O Bemdito)

Foram sepultados no final da tarde de terça-feira (10), na cidade de Altônia, os corpos de Bruna Zucco e Valdir Brito Feitosa. Os dois foram vítimas de um crime bárbaro, que chocou a comunidade, ocorrido no dia 22 de março.

A estudante de psicologia e Miss Altônia foi velada no salão paroquial da Igreja Matriz. A despedida teve início por volta das 17h e foi bastante rápida. Cerca de 70 pessoas compareceram. Familiares e amigos estavam bastante comovidos. O sepultamento aconteceu após as 18h no cemitério municipal.

O corpo do empresário Valdir, proprietário da Oppus Bar, chegou mais cedo e, por isso, a família e amigos tiveram mais tempo para se despedir. O velório aconteceu na casa da mãe de Valdir e ele também foi sepultado no cemitério da cidade.

Impasse

Os familiares de Bruna chegaram a afirmar na manhã de terça-feira que não liberariam o corpo no IML. Eles contestam o laudo do IML que comprovou que o corpo é da miss. Para a família, o fato de o corpo apresentar próteses de silicone seria prova suficiente do contrário, já que eles reafirmam que a estudante não fez, em nenhum momento da vida, implantes de silicone.

No período da tarde, no entanto, os familiares voltaram atrás e liberaram o corpo.

Colaboração O Bemdito

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo