Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cratera que separa bairros em Cambé vai completar 11 meses

No próximo domingo (11), moradores dos jardins Santo Amaro e Jardim do Café, em Cambé, tem uma data nada especial a comemorar. Serão completados 11 meses da abertura de uma cratera onde ficava a ponte da avenida Rio Paraná, que separou os dois bairros depois das fortes chuvas de janeiro na região norte do estado.

Quem passa pelo local, é obrigado a dar uma volta de aproximadamente três quilômetros para chegar ao outro bairro.

Moradores reclamam que a obra está parada há 15 dias, sem nenhum funcionário aparecer. Na manhã desta quarta-feira (7), no entanto, após a gravação de um link ao vivo de uma equipe de reportagem da Rede Massa/SBT, um funcionário em uma máquina da prefeitura fazia serviço de retirada de terra.

Em 5 de março, um dia depois de um protesto no local, um jovem de 25 anos morreu após cair de uma altura de aproximadamente dez metros na cratera enquanto passava de bicicleta.

Para evitar novos acidentes, os moradores reforçaram uma barreira com restos de construção civil e outros resíduos.

Uma empresa de Presidente Prudente venceu a licitação para fazer a obra de reconstrução da ponte em junho,  e tinha um prazo inicial de seis meses para construir uma estrutura mista de concreto armado e metal até iniciar os trabalhos de aterramento, com mais de 10 mil metros cúbicos de terra.

(colaborou Laís Cardoso/Rede Massa)

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo