Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Criança foi deixada em lixeira de Pinhais; recém-nascida estava enrolada em um moletom

(Foto: Divulgação/Facebook) - Recém-nascida é encontrada em lixeira de Pinhais
(Foto: Divulgação/Facebook)

Uma criança recém-nascida foi encontrada em uma lixeira no Bairro Pineville, em Pinhais, na manhã desta segunda-feira (24). De acordo com informações da Sala de Imprensa da Polícia Militar, a criança não apresentava ferimentos e foi encaminhada a uma casa hospitalar da cidade. A polícia passa a investigar o caso.

Em uma rede social, a mulher que encontrou a criança, relatou que “o caso ocorreu em frente à casa em que mora”. “Estava de barriga para baixo enrolada em um moletom, com frio e roxa. Tirei e enrolei em um cobertor aquecendo. Quando tiramos da lixeira ela chorou. Estava viva e respirando. Deu um suspiro forte aliviada que alguém veio salvá-la. Fiquei com ela o tempo todo até o Corpo de Bombeiros chegar. Sentir o calor do bebê que sensação linda. Não sou mãe se eu pudesse pegaria para mim. Desumano”, desabafou.

Gizele Oliveira conversou com a reportagem do Massa News, e relatou detalhes da situação. Ela disse que "duas meninas que passavam pela rua encontraram a bebê na lixeira, a criança chorava bastante. Ela foi verificar o que estava acontecendo, e as jovens já tinham acionado o Corpo de Bombeiros". "Os bombeiros orientaram a tirar a bebê da lixeira e então ela veio para o meu colo. Estava com frio, chorando", diz. 

Ela providenciou uma manta para a menina. Gisele também contou que a impressão é que a criança acabara de nascer. "Ela esta com o cordão umbilical e estava suja de sangue. A impressão é que ela acabou de nascer, mas, ela mamou porque tinha leite na boquinha", conta.

Gisele destacou ainda, que a criança foi encontrada por volta de 9 horas, e que acredita que quem a abandonou tenha feito isso entre 8 horas e 9 horas. "Uma vizinha passou aqui entre 7h30 e 8 horas e não tinha nada", diz. "É um susto. Fiquei com dó, tão indefesa"

(Foto: Divulgação/Facebook)(Foto: Divulgação/Facebook)