Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Curitibanos consomem 70% de vinhos e destilados contrabandeados

- Curitibanos consomem 70% de vinhos contrabandeados

Em uma estimativa dos representantes de Bares e Restaurantes em Curitiba, a probabilidade do consumo de bebidas contrabandeadas ou falsificadas é de 70%, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrabar). Um dos maiores problemas enfrentados pelo setor é a alta carga tributária, que dificulta a competitividade.

Os representantes fizeram uma reunião na Secretaria de Estado da Fazenda e reforçaram o pedido de redução de impostos, assim como acontece em outros estados da federação.

Para o empresário Marcos Almeida, proprietário de uma das maiores distribuidoras de bebidas de Curitiba e CEO do grupo Muf´s, a reivindicação é para que o estado arrecade mais e os empresários do seguimento consigam recuperar a redução de faturamentos.  “São seguidas quedas de faturamento só na minha empresa, a média de redução é de 20% ao ano”, explica Almeida.

Hoje os altos impostos praticados no Paraná representam 43,03% do valor total do vinho, enquanto nos destilados são ainda maiores e chegam a 61,03%.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo