Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Depois de cheiro e sabor na água em Maringá, Sanepar orienta criadores de peixe

Microalgas não trazem problemas à saúde, segundo Sanepar (Foto: AEN) - Depois de cheiro e sabor na água, Sanepar orienta criadores de peixe
Microalgas não trazem problemas à saúde, segundo Sanepar (Foto: AEN)

Após a constatação de gosto e cheiro estranhos na água distribuída em Maringá, representantes da Sanepar se reúnem nesta segunda-feira (13) com criadores de peixe de Sabáudia e região. O problema é causado por uma microalga geralmente encontrada em tanques de piscicultura, por isso, o encontro.

Participaram também da reunião técnicos do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Emater, Polícia Ambiental e prefeitura de Sabáudia, na tentativa de orientar os criadores sobre o manejo correto dos tanques e os problemas que as microalgas podem causam nos mananciais usados para abastecimento de municípios.

Testes da Sanepar sinalizaram a presença das microalgas Oscillatoriales, que alteram as características da água. Segundo a empresa, o problema - que causou reclamações dos moradores na semana passada - não traz risco à saúde humana, mas provoca odor e cheiro característicos. 

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo