Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Diretora de hospital e enfermeiros são afastados em Operação do MPPR

A diretora de um hospital de Toledo e dois enfermeiros foram afastados provisoriamente das funções a pedido do Ministério Público do Paraná (MPPR), durante a “Operação Dolce Lavoro”. A ação investiga crimes relacionados à adulteração de dados de registro de frequência (cartões ponto) de servidores públicos municipais da área de saúde para pagamentos indevidos de salário, incluindo horas extras.

O afastamento dos servidores foi determinado pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Toledo. No pedido liminar, o MPPR afirma que a permanência dos acusados em suas funções poderia ocasionar prejuízo às investigações. Com isso, a diretora do hospital e os enfermeiros estão também proibidos de comparecer à sede da Prefeitura de Toledo, da Secretaria de Saúde e do Núcleo Integrado de Saúde Dr. Jorge Milton Nunes, além de não poderem manter contato com testemunhas que já foram ou que serão inquiridas pelo MP-PR.

Colaboração MPPR

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo