Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Eletricista e servente de pedreiro são condenados por morte de travesti em Santo Antônio da Platina

(foto: Luiz Guilherme Bannwart) - Eletricista e servente de pedreiro são condenados por matar travesti
(foto: Luiz Guilherme Bannwart)

O eletricista Lucas Felipe Fernandes e o servente de pedreiro Wellinton José Parreira foram condenados a 14 e 12 anos de prisão em regime fechado pela morte do travesti Kesley Luiz dos Santos, em dezembro de 2015, em Santo Antônio da Platina.

A sentença foi proferida em audiência na segunda-feira (5).

Lucas confessou que agrediu o travesti por vingança, já que dias antes do crime ele teria agredido violentamente sua mãe durante uma briga em um bar da cidade. O eletricista desferiu três pauladas na cabeça de Kesley, fugiu do local e jogou o pedaço de pau em um riacho. Já o servente de pedreiro foi acusado de ‘colaborar’ com as agressões.

Após a decisão, Wellinton José Parreira voltou para a carceragem da cadeia pública de Santo Antônio da Platina, enquanto Lucas Fernandes foi para a Penitenciária Estadual de Londrina.

Os advogados dos dois informaram que vão recorrer da decisão.

(com informações de Luiz Guilherme Bannwart/Tanosite)

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo