Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em depoimento, homem confessa que agrediu filho de 20 dias, que morreu

Uma reviravolta aconteceu no bárbaro caso ocorrido em Pato Branco na madrugada de quarta-feira (19) quando uma criança de apenas 20 dias morreu após sofrer agressões.

O bebê foi levado pelos pais ao centro de Saúde. A criança foi atendida pelos profissionais que tentaram a reanimação do bebê, mas sem sucesso. A criança apresentava marcas de agressão pelo corpo e a equipe acionou a Polícia Militar.

Após os procedimentos o pai da criança acusou a mãe de ter agredido o bebê, mas após os depoimentos na Polícia Civil, ele, o pai, admitiu que agrediu a criança.

Segundo o delegado chefe da 5ª SDP Getúlio Vargas os laudos do IML apontaram que houve agressão e a criança recém-nascida apresentava fraturas, equimoses na região mandibular, escoriações no abdômen e sinais de traumatismo craniano encefálico.

Os exames confirmaram as agressões e o pai de 34 anos foi preso em flagrante por homicídio contra o próprio filho.

Ainda segundo o delegado, a mãe foi ouvida e liberada, pois num primeiro momento ela teria tentado proteger ele. Uma cunhada e madrinha da criança também prestou depoimento e disse que estranhou a criança estar envolvida em um cobertor na terça-feira. Ela relatou que percebeu as lesões mesmo o pai não deixando tocar no bebê.

Colaboração ppnewsfb.com.br

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo