Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Empresário confirma pagamentos a irmão de Beto Richa e diz que vai devolver quase R$ 1 mi como reparo

(Foto: Colaboração/AEN) - Empresário confirma pagamentos a irmão de Beto Richa
(Foto: Colaboração/AEN)

O advogado do empresário Celso Frare, preso durante a Operação Rádio Patrulha, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na última terça-feira (11), confirmou a informação de que Frare realizou pagamentos a Pepe Richa, irmão do ex-governador Beto Richa, e ao delator Tony Garcia, durante um período de cinco anos. A defesa também confirmou a existência de um cheque de quase R$ 1 milhão, que será entregue pelo empresário como reparação do dano.

Em sua deleção, Garcia afirmou que os pagamentos realizados pelo empresário eram propina. Frare, assim como Pepe, Beto e Fernanda Richa, estão entre os 15 investigados pela Operação Rádio Patrulha, que apura o pagamento de propina e o superfaturamento de contratos para a manutenção e recuperação de estradas rurais durante o programa Patrulha no Campo.

Os investigados, com exceção do empresário Joel Malucelli, prestaram depoimento na tarde desta sexta-feira (14), na sede do Gaeco. O ex-governador Beto Richa estava acompanhado por quatro advogados e permaneceu calado durante todo o tempo. Já sua esposa, Fernanda Richa, explicou que as eventuais responsabilidades das questões cabiam ao administrador da empresa da família, o contator Dirceu Pupo, e que confiava no trabalho dele.

O coordenador do Gaeco, Leonir Batisti, destacou que as investigações da Operação Rádio Patrulha começaram em maio deste ano, a partir da manifestação de Tony Garcia, que se apresentou como delator. “Não estamos investigando há quatro anos alguma situação que teríamos segurado para posteriormente aproveitar um momento que coincide com o momento de campanha eleitoral”, afirmou. “Aqueles que supõem que escolhemos uma data, lamento dizer que estão enganados. Verdadeiramente não manipulamos nada, não é nossa intenção e não vamos fazer”.

Colaboração Aline Peres/Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo