Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Escrivão é preso por repassar informações a golpista

(Ilustração: Arquivo / AEN) - Escrivão é preso por repassar informações a golpista
(Ilustração: Arquivo / AEN)

Um escrivão da Polícia Civil do Paraná foi preso pela Corregedoria da corporação. O homem, de 39 anos, é suspeito de repassar informações a uma mulher presa pelo golpe do aluguel de imóveis no Litoral.

O escrivão trabalha na Grande Curitiba e estava locado no Litoral durante a Operação Verão. De acordo com o delegado Marcelo Lemos de Oliveira, a colaboração do homem foi identificada durante as investigações do caso, registrado em Guaratuba. A relação com familiares da suspeita começou depois que o filho da mulher foi encaminhado para a delegacia.


“Ele conheceu filho da golpista, que conduzido até a delegacia da Operação Verão pela Polícia Militar na condição de vítima, pois [o filho] foi agredido por vítimas do golpe do falso aluguel”, explicou o delegado. Depois desse contato, o delegado responsável pelas investigações constatou situações suspeitas.

O escrivão teria acessado o sistema destinado apenas a policiais e também trocou mensagens com o filho da suspeita. A polícia investiga se ele recebeu algo por ter divulgado as informações.

O servidor, que está há 10 anos na Polícia Civil e ainda não teve seu nome divulgado, deve responder pelos crimes de corrupção passiva, violação de sigilo profissional e quebra de segredo de justiça.

Colaboração Polícia Civil

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo