Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Estradas federais no Paraná têm redução de 33% nas mortes

(Foto: Colaboração PRF) - Estradas federais no Paraná têm redução de 33% nas mortes
(Foto: Colaboração PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou redução nas mortes nas estradas federais que cortam o Paraná no ferido de Páscoa de 2019: 33% menos mortes. Em números exatos, a quantidade passou de seis em 2018 para quatro este ano. A redução é ainda mais drástica quando comparado com o feriado de 2017, quando 13 pessoas morreram.

A PRF também registrou nos quatro dias de operação -  entre quinta-feira (18) e domingo (21) – 97 acidentes e 107 pessoas feridas.

Mortes

Velocidade e desatenção foram as possíveis causas dos acidentes fatais, de acordo com os policiais rodoviários federais que atenderam cada uma das ocorrências. Todas as quatro mortes ocorreram em situação de pista seca. Três delas, em trechos de reta. Metade, em rodovias de pista dupla.

Entre os mortos estão um motociclista, que sofreu uma queda na manhã de sexta-feira (19) em Balsa Nova, na BR-277; e um pedestre, atropelado na madrugada de domingo em Apucarana, na BR-369.

Imprudência

As equipes da Polícia Rodoviária Federal flagraram 11,8 mil veículos acima dos limites máximos de velocidade. Esse número, resultado apenas de fiscalizações com uso de radar portátil, equivale a dois flagrantes de excesso de velocidade por minuto.

Entre os flagrantes está o de um carro a 205 km/h, autuado no domingo em Foz do Iguaçu, em um trecho da BR-277 onde o limite máximo é 80 km/h.

No mesmo local, um motociclista que transitava a 110 km/h tentou, em vão, esconder a placa com um dos pés. Seguido por uma viatura da PRF, ele caiu e, mesmo com escoriações, montou novamente na motocicleta e ainda tentou fugir por mais dois quilômetros, até ser alcançado.

Além da multa por excesso de velocidade, o motociclista de 19 anos foi autuado por embriaguez, efetuar malabarismo, desobediência, escapamento alterado e falta de espelho retrovisor. A moto foi recolhida a um pátio conveniado da PRF. Recém-habilitado, o condutor recusou atendimento médico.

No total, as equipes da PRF abordaram 63 motoristas bêbados durante o feriado prolongado no Paraná. Outros 513 foram multados por ultrapassagens proibidas. E mais 42, por transportar crianças sem cadeirinha.

Durante os quatro dias de operação, a PRF recuperou sete carros roubados, apreendeu 205 quilos de maconha e recolheu 231 veículos aos seus pátios no estado, por diferentes irregularidades.

Operação Semana Santa 2019, da PRF, no Paraná

– 4 mortos;

– 107 feridos;

– 97 acidentes;

– 11.797 veículos acima da velocidade;

– 513 ultrapassagens proibidas;

– 63 motoristas bêbados;

– 42 crianças sem cadeirinha;

– 7 carros roubados recuperados;

– 205 quilos de maconha apreendidos;

- 231 veículos recolhidos aos pátios.


Feriados anteriores

Dados de acidentes no mesmo feriado de 2018:

– 6 mortos

– 104 feridos

– 102 acidentes


Dados de acidentes no mesmo feriado de 2017:

– 13 mortos

– 110 feridos

– 109 acidentes

Colaboração PRF

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo