Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

“Eu quero que eles paguem pelo que eles fizeram”, diz mãe de jovem assassinado

(Polícia Civil)  - “Eu quero que eles paguem pelo que eles fizeram”, diz mãe de jovem
(Polícia Civil)

A Polícia Civil esclareceu o caso do assassinato de Michael Roberto Gomes de Souza, de 28 anos, morto a tiros no dia 19 de janeiro deste ano. Na quinta-feira (14), Everton Nunes Lopes, de 34 anos, e José Roberto da Silva Júnior, de 33 anos, foram presos pelo crime e apresentados para a imprensa hoje (15). A mãe e a esposa da vítima também compareceram na delegacia e falaram sobre a morte de Michael.

De acordo com a mãe do jovem, ela estava em um carro atrás do filho, com seu neto, de quatro anos, e duas filhas gêmeas, de 10 anos. A mulher ainda relatou que tanto ela quanto as crianças ouviram os tiros e viram Michael sendo baleado. “[Depois do crime] eu só quis tirar meu neto dali, tirar minhas filhas dali, porque não tinha mais o que fazer”, contou. A família morava em Piraquara, mas estava em São José dos Pinhais para participar da festa de um ano de uma sobrinha da mãe da vítima.

A esposa de Michael também foi atingida por um tiro na perna, mas sobreviveu. “Foi muito rápido, fiquei em choque, desesperada”. Ela conta que viu os suspeitos, Everton e Junior, indo embora, dando risada. Depois do episódio, a dupla ainda ameaçou a família.

Com a prisão, a mãe da vítima afirmou que espera que a Justiça seja feita. “Eu quero que eles paguem pelo que fizeram”, finalizou.

Colaboração Polícia Civil

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo